quinta-feira, 6 de março de 2008

Os Continentes


Ola hoje vim vos contar algo sobre os continentes que possam vir vos ajudar no futuro.

Os continentes são grandes extensões de terra emersa e correspondem a cerca de 29% da superfície do planeta.


Ásia: É o continente com maior superfície, estende-se de Este a Oeste no Hemisfério Norte. Tem uma superfície de 44 milhões de Km2.É o maior e mais populoso dos continentes, a Ásia está limitada a Norte pelo oceano Árctico e a Oeste pela Europa, a sudoeste com a África, pelo istmo de Suez, como mar Mediterrâneo e o mar Vermelho. Ao sul, o continente limita-se com o oceano Índico e a leste com o mar de Bering, que a separa da América, e os mares do Japão, Amarelo, da China Oriental e da China Meridional, todos no oceano Pacífico.


Europa: É na realidade uma grande península situada a Oeste do continente asiático ou euro-asiático. Tem uma superfície de 10 milhões de Km2. Situada no hemisfério norte, a Europa é limitada a norte pelo oceano glacial Árctico, a Oeste pelo oceano Atlântico, a Sul pelo mar Mediterrâneo e a Este pela Ásia. Está separada da Ásia pelos montes Urais, rio Ural e Montes do Cáucaso. É cercada por várias ilhas e arquipélagos como Islândia, ilhas Britânicas, Sicília, Sardenha, Córsega, Creta, Malta e Chipre. O litoral é extremamente recortado, com muitas penínsulas, baías, fiordes e maré.


África: Situado a Sudoeste da Ásia e a Sul da Europa, revela-se mais largo no Hemisfério Norte que no Hemisfério Sul.Tem uma superfície de 30 milhões de Km2.A África é limitada a norte pelo mar Mediterrâneo; a nordeste com o canal de Suez, o mar Vermelho, o golfo de Áden; a leste com o oceano Índico; a Sul com os oceanos Atlântico e Índico; e a Oeste com o oceano Atlântico. É cercada por várias ilhas e arquipélagos, como Madagáscar, Reunião, Maurícia, Seychelles, no oceano Índico; e Madeira, Canárias e Cabo Verde, no oceano Atlântico.


América: Este continente distribui-se no sentido dos meridianos tanto no Hemisfério Norte como no Hemisfério Sul. Tem uma superfície de 42 milhões de Km2. É usual dividi-lo em América do Norte e América do Sul, mas ainda há quem o divida em América do Norte, América Central e América do Sul. A América do Norte está limitada a Norte pelo oceano Árctico, a Este pelo oceano Atlântico, a Oeste pelo oceano Pacífico e a Sul pela América Central e o Caribe.


A Antártida: É o único continente coberto permanentemente por uma grande massa de gelo, situa-se no Pólo Sul. Tem uma superfície de 13 milhões de Km2. Localizada quase totalmente no interior do círculo polar Antárctico, a Antártida é contornada pelo oceano Antárctico.


Oceânia: Não é um conjunto contínuo de terras emersas como os restantes continentes, é formado por um grande número de ilhas de tamanhos e formas muito distintas, situadas a Sueste da Ásia e no oceano Pacífico. Tem uma superfície de 9 milhões de Km2. Constituída por quatro grandes áreas culturais - a Australiana (“sul da Ásia”), que compreende a Austrália e ilhas próximas como a Nova Zelândia e a Tasmânia; a Polinésia (“muitas ilhas”); a Melanésia (“ilhas habitadas por negros”) e a Micronésia (“pequenas ilhas”) -, a Oceânia é um continente que compreende agrupamentos insulares situados no oceano Pacífico, entre a Ásia, a oeste, e a América, a leste.

Oceano Glacial Antárctica

Olá!
Hoje vamos falar do Oceano Glacial Antárctico.

O Oceano Antárctico é o único a rodear o globo de forma completa, e circula completamente a Antártida. Tem uma superfície de 20.327.000 km², uma cifra que compreende aos mares periféricos: o Mar de Amundsen, o Mar de Bellingshausen, parte da Passagem de Drake, o Mar de Ross e o Mar de Weddell. A terra firme é visível sobre o oceano com 17.968 km de costa.

O Oceano Glacial Antárctico também conhecido por Oceano Austral, o Oceano Antárctico é o nome dado ao conjunto das águas que banham o Continente Antárctico.

O Oceano Antárctico, com uma profundidade geralmente compreendida entre os 4.000 e 5.000 metros, é um oceano profundo com poucas zonas estreitas de águas pouco profundas. A plataforma continental antárctica é estreita e relativamente profunda em relação às outras: dos 400 aos 800 metros, contra uma média mundial de 133 metros.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Oceano Glacial Árctico





Olá, esta semana vamos falar sobre o Oceano Glacial Árctico.
Esse Oceano estende-se sobre o Árctico, a região setentrional do globo, a qual é coberta em grande parte pela banquisa que cobre 13 milhões de km².
Sabia que as temperaturas do Oceano Glacial Árctico podiam descer até aos -50ºC!!!A banquisa é um bloco de gelo que se forma aos -2ºC originando uma camada delgada que se quebra com facilidade.


Sabia que as temperaturas do Oceano Glacial Árctico podiam descer até aos -50ºC!!!

Os Invernos têm uma escuridão contínua e céu limpo, os Verões são caracterizados pelo céu nublado.
O seu ambiente é constituído por ursos-polares, focas, leões-marinhos, lebres-árcticas, baleias entre outros.
E por último para finalizar o nosso trabalho, vamos falar sobre o degelo que é causado pelo efeito de estufa e o aquecimento global.
Esperemos que tenham gostado.
Até à próxima!!!!!!
video

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Resposta da sondagem da semana anterior

Na semana passada fizemos uma pergunta sobre a água, para ver se estavam com atenção ao nosso artigo sobre do Pólo Norte.
E a resposta é 90º.

O Oceano Índico



Olá! Hoje iremos falar sobre o Oceano Índico.


O Oceano Índico que está situado entre a África, a Ásia, a Austrália e a Antártida e tem uma área de 74.000.000 km2 a sua profundidade média é de 3.897m e máxima de cerca de 7.455m.

A dinâmica das águas do Oceano Índico é mais complexa que nos outros oceanos. O sistema austral é caracterizado pela distribuição regularmente sazonal dos ventos, das temperaturas (do ar e da água), da salinidade e das correntes superficiais. O sistema de monções ocupa a porção norte do Índico. Seu motor é a inversão sazonal dos ventos de monção. No Inverno, os ventos alísios sopram do NE em direcção à convergência inter tropical, criando uma circulação superficial comparável à dos outros oceanos. No Verão, os ventos quentes e húmidos e instáveis, atraídos pelas baixas pressões asiáticas, provocam um aquecimento parcial das águas, bem como uma aceleração das correntes que se dirigem predominantemente para Leste.

A temperatura elevada das águas favorece o desenvolvimento de recifes e de plataformas coralíferas.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Oceano Atlântico


Já regressamos das férias e queríamos desejar a todos um bom ano novo.
Bem, voltando ao trabalho, hoje iremos falar sobre o Oceano Atlântico.

O Oceano Atlântico é o segundo maior oceano em extensão, com uma área de aproximadamente 106.200.000 km², cerca de um quinto da superfície da Terra. É o oceano que separa a Europa e a África, a Leste, da América, a Oeste. Seu nome deriva-se de Atlas, uma divindade da mitologia grega. É por isso que às vezes o oceano Atlântico é referido como "Mar de Atlas".


Antes dos europeus descobrirem outros oceanos, o termo "oceano" foi sinônimo de todas as águas que circundam a
Europa Ocidental que agora é conhecido como Atlântico e que os gregos acreditavam ser um grande rio que circundava toda a Terra.
O Oceano Atlântico apresenta uma forma semelhante a um "S". Sendo uma divisão das águas marítimas terrestres, o Atlântico é ligado ao
Oceano Árctico (que em algumas vezes é referido como sendo apenas um mar do Atlântico), a Norte, ao Oceano Pacífico, a Sudoeste, e ao Oceano Índico, a Sudeste, e ao Oceano Antárctico, a Sul. A linha do Equador divide o oceano em Atlântico Norte e Atlântico Sul. Com um terço das águas oceânicas mundiais, o Atlântico inclui mares como o Mar Mediterrâneo, o Mar do Norte e o Mar das Caraíbas.